quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Transportes em Londres

Tudo acerca de transportes em Londres.
TFL

Lista actualizada do preço dos transportes em Londres.
Metro
Autocarro (bus)

No site Tfl, consegue encontrar todos transportes de Londres, calcular quanto tempo e quais os transportes utilizar para chegar ao destino pretendido.

Mapa do Metro em Londres

Para quem chega a Londres e claro vai utilizar os transportes públicos o que deve fazer de imediato é comprar um Oyster Card.
O Oyster Card custa 5£ mas tem retorno no caso de devolverem o cartão. E precisam de carregar apenas com 7£ para um dia de viagens, em vez de 9£.
Os 5£ valor do cartão são devolvidos e até mesmo o valor que exista em crédito.
Com o Oyster Card terão acesso aos valores das tabelas de preços acima apresentadas, se não, terão que comprar bilhete para cada viagem e sai mesmo muito caro. Para além do transtorno esperar para comprar. Assim só têm que fazer esse processo no inicio, depois sempre que carregar. Podem carregar com Pay as you go  que significa carregar cada vez que utiliza ou carregar semanalmente ou mensalmente.



domingo, 9 de fevereiro de 2014

Pontos Turísticos em Londres

Buckingham Palace

É claro um local fundamental para quem visita Londres e vale mesmo a pena! Especialmente a troca de guardas, que é uma cerimonia tradicional que  acontece em frente ao Palácio de Buckingham e é considerada a principal ( troca de guardas ). Os guardas vestidos a rigor circulam marchando com a banda a tocar e entram no palácio, fazendo a troca de turno uma cerimonia excepcional.
A troca de guardas acontece quase todos os dias das 11:15 até 12:00.
É necessário confirmar datas antes de ir e por vezes são canceladas as cerimónias de estiver a chuver muito e se nevar. Confirme datas neste site. 



























Aconcelho a chegarem uma hora antes mesmo. Eu cheguei uma hora antes e já não tinha como ver nada! É uma multidão de gente e como sou baixinha, praticamente nem os capacetes felpudos vi. Só ouvia a banda a tocar, mas valeu a pena.




















 Estava um dia lindo durante essa hora, mas quando a cerimonia acabou, o dia mudou o céu ficou cinzento a claro a bela da chuva. Foi mesmo sorte :)


Tirei algumas fotos no final da cerinonia, quando estava mais calmo e muitas pessoas já tinham ido embora.









Como chegar até ao Palácio de Buckingham?

Há várias formas de chegar lá. Podem ir a pé de:
Hyde Park corner (Picadilly line)
Green Park (Picadilly line, Victoria line, Jubilee line)
St Jame's Park (Distric and Circle lines)
Victoria ( District and Circle line, Victoria line, estação de comboios e autocarros)
Trafalgar Square





Troca de Guardas Parade

É uma cerimonia a cavalo. Também vale a pena ver. Todos os dias às 11h e às 10h no Domingo.
Esta cerimónia situa-se em Whitehall


















Como chegar lá?

Partir de Trafalgar Square em direcção a St Jame's Park

















Encontra o Whitehall pouco depois à esquerda.


Trafalgar Square




















Local de eventos sazonais e rica em historia é um dos pontos mais importantes de ser visitado. Em homenagem à victória britânica na batalha (1805) comandada pelo Almirante Nelson que acaba por perder a vida nesta batalha. Uma estatua foi construida em 1843 em sua homenagem e sua base consistem quatro Leões de bronze.
Ao fundo na imagem encontra a National Gallery, lindíssima, aconselho a visitar é composta por imensas salas com pinturas antigas.
Outro marco importante é a Igreja de St. Martin-in-Fields, ao centro na imagem abaixo, realisa actualmente projectos para sem-abrigo e tem uma agenda cultural que pode ser seguida neste link.
http://www.stmartin-in-the-fields.org/this-week-at-st-martin/



















Big Ben- Palacio de Westminster ou Casa do Parlamento.

Big Ben é o nome dado ao sino instalado no Palacio de Westminster, que não poderá ser visitado só sabemos que está lá e pode ser ouvido. A casa do Parlamento pode ser visitada e é possivel assistir a um debate parlamentar para quem tem interesse.  Eu já visitei, mas não achei interessante, mas são gostos.


















London Eye

A London Eye é a terceira maior roda gigante do mundo e foi construida inicialmente de forma temporaria, mas que se tornou no ponto bastante atractivo da cidade e agora já faz parte da paisagem londrina. Através dela pode ver-se toda a cidade de Londres. Para visitar a London Eye é necessária uma boa dose de paciência para esperar na longa fila que se forma todos os dias, especialmente em dias de sol!
Situa-se em Westminster, South Bank e para chegar lá basta atravessar a ponte junto ao Big Ben.





Tower Bridge

Um ícone marcante de Londres destacando se pela sua beleza e funcionalidade. Pode ser visitado interiormente e conhecer todo o mecanismo hidráulico.
Situa-se junto à Torre de Londres ( Tower Hill )


















Tower Hill

Imperdível, situada junto á Tower Bridge é sem duvida um local excelente para ser visitado. A Tower Hill é rodeada de relvado, muito agradável para fazer uma pausa e apreciar a paisagem.
























Em Novembro e em homenagem aos soldados que perderam a vida na I Guerra a torre fica repleta de papoilas. Uma imagem também a não perder.







St Paul's Cathedral

Destaca-se pela sua arquitectura suberba e é enorme! As imagens abaixo não lhe fazem sua justiça. Foi nesta Catedral onde casou o príncipe Charles e Diana. Nunca visitei a o seu interior, mas pode-se disfrutar de uma vista para a cidade de Londres através da cúpula da Catedral.





Para saber mais acerca de eventos e horários da Catedral consulte este site.



Abadia de Westminster

Situada em frente à Casa do Parlamento- Big ben, foi o local onde casou o príncipe William e Kate Middleton.
Visite a programação neste site.





Oxford Street

Oxford Street é a rua mais movimentada de toda a Europa ideal para quem gosta de ir às compras! A rua tem cerca de 2,5 km. A rua começa em Marble Arch e termina em Tottenham Court Road e segue para a New Oxford Street até High Holborn. Mas a zona de lojas digamos que começa na Primark e acaba na Primark! Uma vez que há uma em cada ponta. Aqui encontra quase todo o tipo de lojas desde baratas a menos baratas. Encontra várias marcas em casas como House of Fraser, Jonh Lewis, Debenhams e Selfrides. Na New Bond Street, uma das ruas paralelas, estação (Bond Street) em Oxford Street encontra as marcas luxuosas. Sobre a New Bond Street lojas consulte este site:

Selfridges:







Encontra ao centro da Oxford Street, Oxford Circus que faz cruzamento com a Regent Street.







Regent Street

É a rua que faz ligação entre Oxford Street e Piccadilly Circus. Adoro toda a arquictectura da rua. A Regent Street é também uma rua comercial e onde encontra a famosa loja de brinquedos Hamleys







Piccadilly Circus
A famosa praça de Piccadilly com a estatua de Eros. Um ícone de Londres impossível não tirar foto! Tal como a Regent Strett, Piccadilly deslumbra pela arquitectura.





Covent Garden




















Local de muitos encantos, artistas de rua, teatros, mercados de comida e artesanato, comércio e cultura.
É em Covent Garden onde se situa a famosa casa de espectáculos Royal Opera House. Para saber acerca de estabelicimentos comerciais consulte este site.



















Como chegar a Covent Garden?

Piccadilly line- Covent Garden
5/10 minutos a pé de: Trafalgar Square, Leicester Square, Holborn, Tottenham Court Road.

Covent Garden Map illustration  kerryhyndman.co.uk

Sistema de saúde em Londres

O NHS significa, Serviço Nacional de Saúde. É gratuito para todos, desde que residam em Inglaterra. Primeiro que tudo precisa de se registar, ter um comprovativo de morada e ir a um centro proximo da residência. Encontrar um ponto proximo da morada de residência, pode consultar aqui: NHS procurar em GP's near you, colocar o código postal e ele encontra automaticamente, aproveite para ler todos comentários feitos por outros paciêntes.
No entanto tratamentos são pagos, apenas não paga se receber subsídio, tal como em Portugal.
Todos os GP's têm enfermeiro caso precisem, mas precisam ligar a marcar. Casos urgentes, em que precisem de um médico ou enfermeiro no dia que não consigam marcar no vosso GP, podem sempre consultar o site em Walk in GP onde fica o mais proximo.

Serviço de Urgência em casos graves, ligue o 999.

Se necessitar de assistência médica, mas não correr perigo de vida, pode ligar para o número 111 do NHS. Quando ligar para o 111, um conselheiro especializado irá fazer-lhe perguntas, para averiguar qual é o problema, dar-lhe aconselhamento médico e direcioná-lo para quem melhor o poderá ajudar, como um médico 24 horas ou um enfermeiro comunitário. Se este conselheiro concluir que o seu problema é mais grave, irá redirecioná-lo para o hospital ou enviar uma ambulância. Se não falar inglês, diga ao conselheiro que língua deseja falar e este providenciará um intérprete. Pode ligar para o 111 a qualquer hora. A chamada é gratuita, tanto a partir de rede fixa como de rede móvel.

Encontrar trabalho em Londres

Encontrar trabalho em Londres poderá ser desafiante, pois o mercado de trabalho é bem diferente do que estamos habituados. Depende também da área de trabalho e do nível de inglês!
Segundo um estudo recente e publicado no Económico as melhores áreas de trabalho são:  as áreas de enfermagem, serviços financeiros e engenharia informática.
Em contrapartida as áreas de professor, nutricionista, artistas de teatro, dança, musica, contabilista, educadores de infancia e assistentes sociais são mais difíceis.
Para pessoas que não têm nenhuma especialização ou que não conseguem arranjar trabalho na área, quase sempre recorrem à hotelaria.
Sites que pode recorrer para encontrar trabalho em Londres.

multilingualvacancies
Sooqini
Totaljobs
Monster
gumtree
LondonOffice
Trovit
London4jobs
Fish4jobs
Indeed
Jobmaster
Adzuna
jobcentreplus
Leisurejobs


Agências de trabalho em Londres onde podem ir

Neto.uk
Reed
berkeley-scott
Manpower
Roc
OfficeAngels
Hays

Trabalhos de Babysitter em Londres

nannieservice
Findabaysitter

Trabalho em lojas (Retalho)Londres

RetailChoice
RetailCareers
InRetail
Elite Associates

Trabalhos de (Hospitality) hotelaria em Londres

hospitalityleisurerecruitment
Hoteljobs
hospitality-recruit
bespokebureau
Cateter


Encontrar casa em Londres

Encontrar casa em Londres é sem dúvida a mais difícil tarefa! Especialmente para quem não tem dinheiro suficiente. Londres divide-se por zonas de 1 a 6. Sendo zona 1 central e 6 mais afastada. Ou seja desta forma também variam os preços das casas ou quartos. Quanto mais próximo do centro mais caro. Acrescento que nem sempre a habitação corresponde às nossas expectativas pois por vezes é muito caro para o tipo de casa e para as condições. Mas viver em Londres tem a sua aventura! Por vezes numa fase inicial não é tão fácil encontrar a melhor casa, mas há que ser capaz de continuar a procurar e ninguém fica pela primeira casa, é muito frequente mudar. E claro sempre para melhor!
Há vários aspectos a ter em conta quando se procura casa. Valor da casa, localização e preço de deslocação. Para os que não têm uma zona de trabalho e ainda tencionam procurar não tem grande problema pois depois de terem casa podem sempre procurar trabalho nas imediações. Mas para quem quer trabalhar no centro de Londres então ir mais além da zona 3 será um pesadelo ter de ir trabalhar todos os dias. O mais fácil é seguir alguns sites para encontrar casa, no entanto existe sempre algum receio, pois nestes sites qualquer pessoa pode anunciar e não existem garantias, apesar do negocio ser feito da mesma forma que numa agência, mas sem custos adicionais para quem aluga. Ou seja vais visitar um quarto, terás de pagar praticamente sempre um mês de renda e outro de deposito. Não existem contratos! Terás de confiar apenas... é o método mais comum. Mas por exemplo podes perder o deposito ou parte dele por qualquer razão que o senhorio queira indicar, é um risco, mas também pode correr bem!
No entanto sugiro para quem queira vir para Londres que entre em contacto com uma agência. Que tenha dinheiro para a entrada inicial, pois normalmente são duas a três rendas mais um pagamento a estipular pela agência.
A forma mais comum de viver é a partilhar a casa, alugando um quarto. Alguns casos até dividindo quarto.
Seguem alguns sites onde poderás encontrar quartos/casas

spareroom
gumtree
easyroommate
moveflat
Rightmove
Loot
OpenRent
FindaFlat
Zoopla
EasyLondon
Room connection
Hart
Concept-studios
KFL


Eu já utilizei agências e particulares. As agências se forem boas são sempre uma segurança, mas vive-se da mesma forma. Para além que é sempre necessário algum dinheiro de avanço porque para além do deposito é necessário pagar à agência o trabalho. Depois o deposito só é ressarcido em 15 dias ou até mesmo um mês depois de sair da casa. Uma vez que a agência terá de ir confirmar se não foram causados danos na casa.
Os particulares é o pânico de dar dinheiro do deposito e aguardar até mudar. A não ser que encontrem um quarto disponível no mesmo dia! Mas quando vão ver um quarto particular, importante conhecer outras pessoas que vivam lá, porque se há pessoas a viver lá e até mesmo no quarto então tudo acabará bem, normalmente.

Há também uma forma engraçada e divertida, diz quem já participou, o que não foi o meu caso, é ir a um Speed Flatmate. Ou seja as pessoas encontram-se num bar geralmente e falam com as pessoas que têm quartos para alugar. A ideia é encontrar pessoas com quem facilmente nos conseguimos relacionar e com o mesmo estilo de vida, ou seja lá o que for que interesse aos participantes. É talvez mais fácil dividir casa se querem ter um bom ambiente e se for importante para vocês criar esse relacionamento entre as pessoas com quem vão viver.  Esta ideia é apenas para dividir casa e normalmente não são quartos baratos.

Se por outro lado procuram estar em sossego, sim SOSSEGO, evite casas com salas, procure cozinhas sem mesas, ou pouco confortável para se estar a conversar, o que é bem fácil de encontrar, uma vez que fazem sempre da sala um quarto. Digo isso, porque também eu divido casa e quando se quer dormir porque no dia seguinte é dia de trabalho e o pessoal da casa a rir e a falar alto, beber uns copos até às tantas, pode ser bom para uns mas não para todos!
Por isso aconselho a ter atenção como é o pessoal da casa, se há regras, enfim todos somos diferentes, há que encontrar o ambiente que procuramos, porque pode ser um pesadelo! Mas adianto que nada é perfeito e que é mesmo difícil em Londres encontrar a casa perfeita, quando se fala em partilhar!


Cuidados a ter:
Algumas agências como a Flatland, Intralet e outras mais, têm imensa oferta, mas é praticamente tudo publicidade enganadora! Pedem dinheiro para procurarem casa antes de ver qualquer coisa e nem fotos têm! E depois vocês perguntam, então e aquela que está no site... ainda hoje vi...AHH, já está alugada, ou o contrato está nas mãos de uma pessoa interessada deve ficar indisponível no site em breve. Sim, passados alguns meses eu volto a ver o mesmo anuncio, as mesmas casas consecutivamente. Têm sempre imensa oferta, ou parecida com essa que viu mas infelizmente não tenho as fotos disponíveis. Tudo para nos fazer acreditar que eles têm muita oferta como anunciam no site.
A minha pior experiência foi na Spacelet entrei numa casa normal onde estavam algumas pessoas sentadas em secretarias, não sei bem a fazer o quê e assim que disse o que queria disseram que não tinham nada! Nada do que está no site? Talvez... encontrem algo depois de pagar para procurarem por mim? Só teria acesso a imagens dos quartos que tinham para alugar se pagasse primeiro, ah sim claro!
Na flatland, têm de ir lá esperar numa sala cheia de fotos de todas as habitações indisponíveis também e pedem também dinheiro para iniciar o processo e dá sempre para regatear valores! Ora eles só querem é pessoal a pagar adiantado.
Algumas pessoas conseguiram casa através deles, mas muitos nada! Eles ligam a alguns senhorios sim, mas nem sempre interessa o que eles têm e a pessoa perde tempo a ir ver.
Para mim, sem ter uma ideia do que vou ver nem me atrevo a dar qualquer dinheiro.

Outra opção é ficar num Hostel até encontrar habitação. A vantagem é serem mais centrais e encontrar outras pessoas de todo o lado do mundo!

LHA
YHA
Generator
St-Christophers 
Hostelworld
Hostels.com
TravelStay
VisitLondon

Há uma outra opção que descobri não há muito tempo e que me parece muito boa para quem quer estar períodos curtos em Londres ou uma forma económica de viver por aqui, visto que tudo é muito caro. No entanto existem muitas regras para ter acesso a uma casa destas.
A opção que falo é a Camelot.
A Camelot, consiste na ocupação de casas vazias, de forma a mate-las e desta forma evitar a sua degradação.
É necessário inscrever-se no site, mas existem muitas regras para se obter uma casa, ou melhor um quarto, porque será habitação repartida por outros, no entanto não dividem o quarto!
Aconselho a ver o vídeo da explicação porque eles são rigorosos e têm bastante regras entre as quais:
Documentos de identificação, morada, registo de empregabilidade, estratos bancários, registo criminal etc.
Eles constantemente verificam a casa e se cumprem as regras!



Estudar inglês em Londres

Estudar inglês não é tarefa muito dificil, sendo que a cidade está repleta de opções, mas nem sempre é fácil encontrar qual a melhor. Na minha opinião e com experiência em alguma escolas da cidade de Londres, faço algumas recomendações para escolas que dão certificados passados pela Cambridge. Normalmente estas escolas têm periodos de 3 meses por nível.  Como em todas as escolas é feito um exame inicial para testar o nível de inglês e depois é-se inscrito numa turma e esta irá acompanhar-te durante os três meses de curso.
westking
marywardcentre

Estas escolas são as escolhidas e para além de inglês tem também outros cursos. Têm vários horários e alguma questão basta enviar um email para a escola. No caso da Westking, o valor é bem mais baixo caso tenhas recibos de ordenado.
Os valores são acessíveis comparando com escolas particulres que cobram balúrdios pelo mesmo tempo de estudo. Não aconselho muito estas escolas por essa razão, são caras e todas as semanas existem pessoas que entram e saêm do curso. Pois eles aceitam alunos por duas semanas ou um mês e podem entrar a qualquer momento do periodo, ou seja não têm materia continua! No entanto para quem quer só fazer um mês de ingles é a melhor opção, mas devo dizer que ninguém aprende nada com isso. No entanto vou sugerir algumas.
englishstudio
edgwareacademy

Existem também opções de inglês grátis que recomendo no caso de ser apenas em curto prazo! Atenção estas aulas são para treinar professores por essa razão gratis. No entanto há bons professores, mas claro maus também! Normalmente têm curta duração, por isso recomendo para cursos curtos, pois é uma boa opção sem custos.
A Englishstudio tem aulas grátis as aulas são dadas em Bloomsbury na rua do British Museum basta ir lá ou enviar um email à escola a perguntar quando são dadas as aulas gratuitas.

Também neste sistema de treinar professores a International House também faz em algumas alturas do ano, mas não é gratuito, tem um valor cerca de 40£ por um mês com duas aulas por semana. Mas terão de ir lá fazer a inscrição e terá de ser pago em dinheiro.